22 junho 2014

e, 
porque nos teus braços me perco 
fazemos amor com o olhar
qual necessidade de toque
já te sinto no pensamento
vibro sempre que o teu abraço chega
esse teu lugar de prazer
que o cheiro me e inconfundível
ainda que nem sempre te tenha
o quanto te tenho é-me imenso 
tem um tamanho de universo
este nosso porto de abrigo
onde nos entregamos em gritos mudos
sussurras palavras válidas
e,
porque nos teus braços me perco
 




8 comentários:

Imprópriaparaconsumo disse...

Gosto de portos de abrigo que nos fazem perder os sentidos :)))
Beijos imensos :)

Moreno Pecador disse...

continuas a colocar-me quente com as tuas palavras
Beijos

GANDALF disse...

Eu sabia que devia ter sido marinheiro,porque há portos de abrigo fantásticos ;))

Beijo Grande linda

Herculano Garrano disse...

Braços e abraços são o melhor porto de abrigo...beijos

Anónimo disse...

Agarrar te assim por de trás tão bom
Beijo bebé

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

O toque é a entrada do porto de abrigo do teu corpo...
Me perco em teu corpo e teus escritos....

Jorge disse...

Magnifico, este teu tesxto...
Beijinho sussurrado!

Nikita disse...

Reunir paixão e refúgio na mesma pessoa, sabe tão bem ;)

Beijo grande