16 março 2017

quero-te assim
tão meu,
onde me vingarei do meu tesão por Ti!

13 março 2017



quando te desejo não sabes mas vou contar-te o que a mente me soletra em silêncio...
o teu toque que se enrola em mim, 
onde a tua língua grotesca me prova,
esse teu mergulho em mim de me desfazeres,
cobres-me num abraço para assustar o frio,
o teu sorriso tímido aflora-me os desejos,
e no meu gemido sereno, amas-me,
pintas-me as promessas no corpo,
mastigo cada momento que tornas mágico,
e, ainda sem saber o desfecho desta luxúria,
acredito que o manso místico do teu corpo no meu me irá fazer sonhar...

12 março 2017

ofereço-me a ti,
saciar este meu querer,
que adianta a psicologia,
se psicologicamente me atormentas de tesão,
deste-me o beijo imaginário,
na loucura das vontades que contemos,
apeteces-me,
na deliciosa vontade dos corpos,
onde a tua boca se junta a minha,
olhos no olhos falamos em silencio,
o murmúrio dos meus sussurros,
os gemidos que solto no prazer que me dás,
no quero fugir do balanço de ti,
ofereço-me a ti,
para que em explosão o teu sexo se una ao meu...
  

11 março 2017

 
o fim de semana estava de excelência,
mas,
adorei foi a tua ousadia,
com que me provocas-te me enlouqueces-te,
e,
em luxuria e tesão amaste-me,
fizeste-me Tua...
assim com as luzes da cidade,
as tímida luz de um fim de tarde inesquecível... 

02 janeiro 2017

 
prepara-me o banho está um frio de rachar...
preciso que me arrefeças,
tenho no corpo a braza de te sentir,
sempre que me tocas entro em delirio colupsal...
 
BOM ANO 2017 MEUS CAROS LEITORES E, OBRIGADO POR ME ATURAREM... 

18 dezembro 2016

vem aí o Natal,
porque não, talvez 😉

07 dezembro 2016

e, agora desfaço o corpo ao desejo
deixo cair as rédeas e entrego-te 
as vontades e arrepios do prazer
era uma forma de te dizer onde quero
dizer-te que este corpo é teu
que o meu toque como se fosse o teu
e, agora desfaço o corpo ao desejo
deixando a minha imaginação fluir
ao toque da minha mão imaginando a tua
a tua suave e revigorante entrada triunfal
onde os sexos misturam o tesão da carne
onde a união da luxúria nos leve ao auge de nós...