12 março 2017

ofereço-me a ti,
saciar este meu querer,
que adianta a psicologia,
se psicologicamente me atormentas de tesão,
deste-me o beijo imaginário,
na loucura das vontades que contemos,
apeteces-me,
na deliciosa vontade dos corpos,
onde a tua boca se junta a minha,
olhos no olhos falamos em silencio,
o murmúrio dos meus sussurros,
os gemidos que solto no prazer que me dás,
no quero fugir do balanço de ti,
ofereço-me a ti,
para que em explosão o teu sexo se una ao meu...
  

5 comentários:

António disse...

aceito a oferta

Anginha Sexy disse...

Delicioso e excitante poema!

Beijoos

Sílvia Pinto disse...

Simplesmente uma ternura de poema. Amei.

Eros disse...

Propulsão enternecedora para mais uma semana! :)

madagascar2013 disse...

deixo-te um beijo...imaginário ^.~