22 novembro 2014


Tira-me os sentidos
Insistes em me envenenar de ti
Permito sem receios, os desejos
De mergulhar sem medo nos quereres
Esta alquimia insaciável
De ter em mim o néctar de ti
Crepita-me o corpo
Nas delícias do prazer mutuo
Quero o interior dos olhos unidos
Num voo lamber os fluidos de ti
Recheemos o encanto da fantasia
Esta paixão que ante vejo
Enquanto intenso o amor acede
Não adivinhas as minhas insónias
Claro que não adivinhas...tu conhece-as
Então este olhar extasiado de ti
Neste sonho que trago no corpo e,
Tira-me os sentidos




7 comentários:

Anginha Sexy disse...

A torto e a direito, se dá uma grande foda! Amei
kkkkkk


Sussurros

Visita-me
http://anginhasexy.blogspot.pt/

Max Men disse...

De tirar o fôlego...

Sattine Rouge disse...

...sussurros libidinosos!

Obrigada pela visita.

Shiver disse...

Uma inconsciência consciente :)

Beijo

Imprópriaparaconsumo disse...

Há venenos que não nos matam. Fica sempre o vício de querer mais :)

GANDALF disse...

Andas,andas looooooool
Aí a temperatura interior ;)))

Beijo grande lindona

DARK Escarlatte disse...

Isto me arremessa ao passado huuum...delicia