20 agosto 2014

a quando me encontrares
e em nosso belo prazer nos saciarmos
a quando me sentires em ti
perdida em ventos de nos
nos delírios contidos de tempos vividos
a quando nos amarmos
em harmonia da cabeça aos pés
desconheço a razão de tais palavras em ti
e na solidão do silencio
a quando distante de mim te encontras 
deixo a minha mão 
na minha mente te imaginar 
e vou sentindo-te assim em mim
em toques lentos e profundos 
imaginando em teu corpo perdida
deixando de ser mais eu 
para ser assim mais em nos
a quando do sonho acordo
suplico de novo o sono....


4 comentários:

Her Whisper disse...

E tão bom que é sentir assim .. :)

Whispers..

Whisper By Her

Orlando N. disse...

Como arrepia um sussurro...
Sentido lá. Devolvido aqui. Mais...

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
Sentir e viver intensamente cada momento é sinonimo de liberdade em criatividade.
AG
http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Imprópriaparaconsumo disse...

No sonho fica as marcas do que sentimos :)
Beijos