04 julho 2014

debruço-me bêbeda de desejo
procurando faminta a prova do teu elixir 
um vicio saudável de amar-te
de provar o mel do teu tesão
como se de um remédio se trata-se
a cura para os meus males
os prazeres desta carne
de uma fome de luxuria
entre os prazeres da cama e dos sentires
debruço-me bêbeda de desejo


  

5 comentários:

Anónimo disse...

Bêbada mas com os sentidos todos apurados
Beijo bebé

GANDALF disse...

Antes bêbada de desejo do que faminta do mesmo,linda ;)))))

Beijo grande

Herculano Garrano disse...

Divino prazer...para uma deusa embriagada...beijos

Moreno Pecador disse...

e que belas " bebedeiras " essas de desejo
Beijos

Jorge disse...

Aqui em baixo que ninguém nos lê, quero dizer-te que adoro o teu blogue e a tua forma de escrever. Tenho o teu link e sempre que públicas algo, cá estou eu. Nem sempre deixo comentário, é verdade, mas dás-me imensa tusa. Gosto imenso de ti e dos teus posta. Espero que continues assim.
Beijinho doces!
:)))