06 julho 2014

fizemos amor noite dentro
ainda sinto no corpo a cadencia do teu amasso
depois de tanto tempo ainda sentimos
ainda queremos um mais de nós mesmos
tento resistir-te
mas seguras-me a cabeça porque me queres beijar
saborear mais uma vez o doce sabor do meu beijo
levemente na ponta dos dedos trazes a luxuria do toque
aproximas-te mais enlaças-te em mim 
contornas-me os seios redondos, grandes
lentamente com a palma das tuas mãos, 
acaricias-os 
beijas suavemente o seu bico
endurece-o 
gostas de te sentir assim poderoso em mim
não tens presas desejas desvendar-me
olhas-me
e,
penetras o teu olhar no meu
sabes o que quero
em que ponto me encontro
a tua língua num gosto de se perder na minha
não te limitas ao pouco sabes dar-me mais
precipitas-te em sentir o meu sexo
sentes o desejo, o tesão
sussurro-te que já senti prazer
que já sentir um orgasmo fulminante 
resisto em dizer-te que me vim
que quero sentir-te entrar em mim
sinto a pressão do teu sexo contra o meu
caio de joelhos a teus pés
quero provar o teu favo
o teu desejo
paro hoje quero dentro de mim
inteiro
como o inicio de um principio continuou
curvo-me 
e peço-te que me possuas assim sem medo 
sem pudor
sem renuncias
possui-me desse jeito que só tu sabes
fizemos amor noite dentro
 








4 comentários:

GANDALF disse...

Há noites assim longaaaaaaaas e cheias de ardente paixão e tesao também claro ;)

Beijo grande linda e boa noite ;)

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

A noite deve ter sido maravilhosa...
Sussurraste bastante??
Um sussurro delituoso!!!

Anónimo disse...

Noites longas sem nada para fazer no outro dia a não ser mais do mesmo
Beijo bebé

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Sinto tua falta.... quero ver como a noite recomeçou....