21 janeiro 2011


...os olhos brilharam no meio da confusão,

...e, soltei um sorriso comprometedor,

...piscas-te o olhar e mandaste-me um beijo,

...como que não vi virei as costas,

...continuei caminhando no meio da confusão,

...tudo para alcançar um lugar mais visível,

...um filme ao ar livre,

...ui, nunca pensei que tivesse tanta gente,

...mas,

...só pelo beijo que não senti valia a pena,

...em fim consegui um lugar,

...era uma noite quente de verão,

...muitos casais de namorados,

...ainda nas apresentações e publicidade,

...senti um sussurro de um respirar de alivio,

...huuummm, ainda te tenho mais perto agora,

...no corpo senti um tremer, um arrepio,

...eras tu...

...tu que não sei quem eras, pensei...

...quando falas um pouco mais,

...começo a lembrar dessa voz que ainda não olhei,

...eras tu...

...finalmente tu,

...que o tempo a muito não fazia ver,

...poucas palavras tive tempo de dizer,

...roubaste-me um beijo,

...um beijo húmido,

...que á muito não sentia,

...olhaste-me e disses-te...

...o mesmo sabor...

...o mesmo tesão que se sente...

...sinto-me perdida pelas palavras,

...e, ainda muda, abraças-me,

...envolves-me em ti,

...e assim vamos vendo o filme,

...quando a tua mão vai-me passeando os seios,

...já descontrolada vais-me mordiscando o pescoço,

...e, começo a sentir a tua mão invadir-me o sexo,

...agora sim, gemo...

...alguém mais observador, olha...

...mas, não nos importamos,

...e num vai e vem louco fazes-me vir,

...ainda pouco saciada,

...deito meu rosto no teu colo,

...e vou roçando meu rosto em teu sexo,

...aumenta-te o teu tesão,

...já não aguentas e soltas-o para mim,

...meto-o na boca e saboreei-o, deliciada,

...era uma sensação única,

...a muito não o sentia,

...sem pudor, medo ou receio,

...enquanto o ia chupando ias endoidecendo,

...pedes-me que pare,

...não te aguentas muito mais,

...respondo-te...

...então pelo que esperas?,

...vem-te...

...vem-te, que a muito não o fazes para mim...

...vieste-te que nem louco num suspiro,

...e, nisto o filme tinha acabado,

...pegas-te-me ao colo ainda tremo-lo,

...e disseste-me esta noite és minha...

...e, sobre o chão daquele quarto, amaste-me,

...possuíste-me tão feroz,

...que matamos o tesão que existia em nos...


...

2 comentários:

Lobo disse...

Simplesmente Lindo o que contêm estas Palavras!
A verdadeira essência do namorar como quem rouba...e depois Amar!...

Belo!!!...

A.S. disse...

Simplesmente arrebatador!

Doces sussurros...
AL