06 janeiro 2011


...um frio que corta,

...entre o vento que sopra,

...e, este tlintar da chuva,

...observo o vago dos pensamentos,

...lembro-me de Ti,

...recordo-te, recordo-te,

...relembro cada momento passado,

...passado, sim,

...porque fugimos de nós,

...porquê?,

...nem sei,

...e,

...as vezes nem quero lembrar,

...tinhamos pele gritante,

...tinhamos corpos sussurrantes,

...tinhamos tanto,

...tinhamos nada, que fugimos,

...hoje sonho-te,

...no sonho em que me sonhas,

...tivemo-nos em um tanto,

...que fugimos,

...e,

...leio-te nas mensagens,

...em que te aperta a saudade,

...em que confessas desejo,

...leio-te nas palavras,

...e, tenho as tuas letras no corpo,

...numa tatuagem que deixas-te em mim...

5 comentários:

Nikita disse...

O tempo passou, mas continuas a ter posts fantásticos!!


Bj grande
Nikita

O Santo Diabinho disse...

Encontrei este cantinho perdido na blogosfera enquanto navegava ao sabor das palavras. Reparei que já não colocavas um post à diversos meses mas ainda bem que resolveste presentear os teus leitores com um regresso.

Estou a adorar perder-me nas tua palavras, intensas, cheias de emoção e sentidas. Sigo diversos blogs e não é comum sentir tanta transpiração de desejos num só local. Parabéns...

Espero que continues com tempo para ires actualizando. Eu sigo-te deste já e dou-te a conhecer aos visitantes do meu blog.

Voltarei...
;)

Beijo meu

Fragmentos Intemporais disse...

Palavras que completam na íntegra um sentimento genuíno!

A.S. disse...

Palavras onde brota a saudade, o desejo... irreprimivel!...

Beijos!
AL

Lobo disse...

...Leio as tuas mensagens que não apaguei... Que me apagam um pouco a saudade que em ti não deixei...
... Leio-te nas palavras sonhadas que me não me dizes...
... Às vezes nem quero lembrar-me... Mas lembro-me, pra não te perder...
... Não tínhamos nada, tínhamos sonhos...
... Hoje sinto um frio que me corta a alma... Uma chuva fininha que cai, que não é bastante para limpar o passado...
... Passado sim... Mas estás sempre presente em mim!…
... Recordo-te e lembro-me de ti!...