13 maio 2014

olhaste-me
e, em silencio foste te aproximando
desconhecia-te
pois a muito não te via
mas no fundo conhecia-te tão bem

beijaste-me o rosto num beijo intenso
carregado de vontades
fitaste-me
penetras-te o teu olhar no meu
não disseste uma única palavra

senti o corpo tremer
temi-te
desejei-te
olhei-te

encostas-te o rosto em meu ouvido
sussurras-te algo
encostas-te teu peito em meu
mas,
não ousas-te tocar-me

sentia o toque suave do teu rosto no meu
era um sentir louco
sentia as pernas tremer
sentia-me perder o rumo

olhaste-me
e,
silencias-te a tua boca em minha
questionaste-me....
....queres-me....

puxei-te para mim e beijei-te com tal intensidade
enquanto me perdi no teu corpo
no nosso desejo

amei-te
amaste-me


 

3 comentários:

GANDALF disse...

Intenso,sem palavras desnecessárias,adorei linda ;))

Beijo Grande



Pequenos Delitos Renovados disse...

Um poema avassalador....
Uma foto linda. Vontade de lamber esse púbis que encima uma linda vagina!!!

Anónimo disse...

Quando ??
Onde ??
Com quem ??
Beijo bebe