07 julho 2008

...Luar...


O Luar,
Que me roça o corpo...
Dispo-me do dia,
Para no anoitecer sentir,
O aveludado toque...
A Lua entranha-se-me,
A suave brisa sente-se,
Na pele o arrepio,
Do constante sentir...
O corpo sussurra,
A boca sente,
Este roçar...
Deste Luar!!

4 comentários:

Alguém Comum disse...

Oh Madame, depois de comprar o "brinquedo", só voltou aqui dois meses depois...

Bj discreto

Sonho & Sedução disse...

Olá... vim agradecer a visita e conhecer seu cantinho...
Adorei... a começar pelo nome
Volte sempre

BEIJO COM CARINHO

daniel disse...

O Sussurar do Corpo

Sensualidade à flor da pele! Será de fugir dos demónios? E as palavras tão melosas?...
Daniel

Só Eu disse...

Por onde andava eu que só agora cheguei aqui?
Muito bonito o teu espaço e muito bem estruturado este teu poema. Depois falas da lua, das brisas...Tudo isto ´me é tão querido...
Beijinhos de parabens