12 janeiro 2016

 
e,
agora...
gosto de te ter assim vulnerável a mim,
gosto de te saber em fraqueza,
gosto de te imaginar a me fazer sorrir,
um sorriso maroto...
e,
agora...
rasguem se os preconceitos,
os falsos moralismos,
tu queres me...
eu quero te...
e,
agora...
queres falar sobre isso...
podia foder te,
amar te,
fazer amor contigo,
comigo,
mas...
a arte de amar precisa de dois seres,
e,
eu sozinha não sou nada,
que te importa quantas mãos tocaram meu corpo...
se é das Tuas que preciso,
é em Ti que sei foder,
eu não sou anjo,
sou diabo que provocas em mim,
as tuas mãos podem estar presas mas,
ainda assim o Teu toque é efémero...
dura todo o instante que me provocas arrepios...
e,
agora...
vou dessossegar te...
 

7 comentários:

Escritor Provocador disse...

Belo desassossego...

Bom ano 2016.

http://0provocador.blogspot.pt/

Jorge disse...

Tesão...

Jorge disse...

Tesão...

Nuno Filipe disse...

Pois.. vi as imagens,, e o texto.....

E agora?
.
Hoje falo lá no cantinho sobre
Classificação e Divisão no género... Sexualidade.
.
Deixo cumprimentos.

WOLF disse...

Gosto de te sentir assim..desassossegada,hehehe ;))

Beijo grande

Anjinha Sexy disse...

Pois dificil é controlar a tesão.

Beijoos docinhos (:

http://anseiosedevaneiossexuais.blogspot.pt/

Conde Vlad disse...

Hummm... Adorei o tom profano do texto. rsrs... Combina com o meu blog. HUAHUAHUAH

Beijos, Ly.