24 agosto 2012

o hotel,
a venda...
era uma tarde quente
os olhos falaram
a pele vibrou
as mãos sentiram
os corpos uniram-se
fui mastigando teu corpo
a boca percorreu-te inteiro
as palavras foram secando
enquanto o tesão aumentava
era um dia de delicias
de lembranças
de loucuras
os sexos sentiram-se
e,
nos meus seios pousas-te a boca
fizemos amor
amor louco
como se tudo termina-se naquele dia
aproveitamos-nos um do outro
ousamos amarmos-nos ferozmente
numa loucura destemida
onde cada palavra eram gemidos
era a nossa tesão uivando
éramos como que dois loucos lobos
abusando do prazer carnal...

4 comentários:

Anónimo disse...

Cada vez mais a tesao aumenta e o prazer é desejado
beijos bebe

GANDALF disse...

Mais um momento magico ;o)

bjs

Dreamcatcher disse...

...e o prazer acontece...


beijo

-__-

joão marinheiro disse...

Sempre um sussurro o sabor da pele.
Beijo